quinta-feira, maio 26, 2022

Projeto de vida

Matéria publicada originalmente na Revista Vanilla de fevereiro de 2017

A vida sedentária tem lá seus prazeres. Você passa horas a fio no sofá, de pernas para o ar, comendo e assistindo televisão. Quando cansa, dá uma conferida na timeline do Facebook e se depara com um monte de gente que posta fotos na academia, malhando, e aí, bate aquela frustração (ou invejinha): por que tanta gente está deixando a preguiça de lado e investindo na atividade física? 

A resposta é simples: uma grande parte da sociedade finalmente está compreendendo que o exercício – seja ele qual for, desde que orientado por um profissional – é vital para o bem-estar do corpo e da mente. E melhor ainda é descobrir que, aos poucos, os desejos de emagrecer para entrar no vestido do casamento ou fazer sucesso na praia, tem perdido espaço para projetos de vida. Hoje, o que a maioria das pessoas quer é uma vida saudável. E, sim, isso só se conquista com a rotina de exercício e alimentação. Do sofá, vendo televisão e comendo gordices o tempo inteiro, não haverá milagres. 

Foto: freepik.com

Exercício é saúde
Kevin Oltramari, proprietário da academia Fisicorpus, de Pato Branco, é formado em Educação Física desde 2000. Com pós em fisiologia e treinamento esportivo, ainda possui vários cursos na área de musculação.  

Para ele, ainda existe quem procure o exercício pensando apenas no resultado imediato, mas felizmente um bom percentual já tem adotado um estilo de vida diferente. 

Tenho notado que, de uns seis anos para cá, as pessoas estão mais conscientes e têm entendido que para ter um corpo bonito e saudável, a atividade física tem que ser regular. A maioria descobriu que pode ser uma prevenção para possíveis doenças ou até mesmo uma indicação de tratamento.

Mas, ainda segundo Kevin, o primeiro objetivo da maioria é conquistar o corpo dos sonhos. Logo de cara, a estética é o que arrasta as pessoas para as atividades físicas, mas rapidamente, o foco muda e a saúde é colocada no lugar que merece estar, ganhando o merecido destaque.

Na opinião do profissional, o que atrapalha a evolução das pessoas, tanto na rotina de exercícios quanto na alimentação, é o estilo de vida acelerado. Hoje, todos estão focados no trabalho, e por isso, comem mal, comem pouco, pulam refeições, dormem mal, e precisam conciliar toda a cobrança e o estresse da vida moderna, com este corpo que já está pedindo socorro.

É preciso estabelecer o exercício e a mudança nos hábitos alimentares como meta de vida, e se mexer. Mas não adianta acreditar em receitas mirabolantes. De acordo com Kevin, o corpo lindo em um mês não existe.

Acompanhado de alimentação e atividade física, as mudanças no corpo acontecem visualmente em quatro meses. Mas manter é pra toda a vida. Eu falo que é como escovar os dentes, tomar banho, é algo diário e constante. Não tem como fazer exercícios apenas uma vez na semana ou treinar um mês e desistir, e achar que vai continuar com o corpo desejado.

Como incorporar
É difícil manter o ritmo dos exercícios pelo estresse, frustrações, depressão, enfim, pelo estilo de vida que levamos. Muitos não se motivam a treinar porque acham que seus corpos estão ruins para aparecer numa academia. Mas essa ideia é equivocada, afinal, se pensarmos bem, quem está lá só alcançou o corpo lindo porque se dedicou aos treinos.

Por isso, nós que trabalhamos na área procuramos manter um visual legal e servir de estímulo aos alunos. Quem nunca fez atividade física terá um começo difícil, há um bloqueio natural, a pessoa se acha diferente e atrapalhada. O primeiro passo é vir, e não ter esse receio.

A moda fitness
Hoje em dia, tem muita gente bonita no Instagram, postando fotos e vídeos de como conseguir um corpo malhado e, ainda, distribuindo cardápios com baixa caloria. Segundo Kevin, é preciso cuidado. 

Atualmente, o mercado fitness está em alta e rende muito dinheiro. Há pessoas que trabalham na área e não têm experiência, e cada corpo pede um tipo de exercício físico e de intensidade. Há ainda o desejo de quem procura: emagrecimento, ganho de massa muscular, resistência. Cada caso precisa ser muito bem avaliado pelos profissionais. Há muitos exercícios mirabolantes no Instagram, nas redes sociais, bem como produtos, cremes, faixas. Há muita coisa que ilude o público. Não há receita mágica: o que funciona é a mudança de hábito, um conjunto de alimentação e exercício, declarou.

E fazer o que gosta é importante. Não basta escolher um exercício, tem que incorporar à rotina algo que dê prazer. Se a pessoa gosta de caminhar, caminhe. Se gosta de correr, corra. Mas é importante saber: existe atividade física adequada para você conquistar o corpo que deseja mais rapidamente. Se ela quer emagrecer sem massa muscular, irá apenas correr. Se quiser ganhar massa, terá que fazer musculação.

As atividades podem (e devem) ser bem ecléticas, mas a musculação é certamente uma das mais completas, disse Kevin. Uma das vantagens é que não há impacto, não há contato físico, o que reduz os riscos de lesão – a não ser aos atletas. Pessoas normais não se lesionam na musculação, desde que haja uma boa orientação.

Young, beautiful, athletic girl doing exercises on fitball in the gym on a gray background. Sporting Slavic girl in a blue, green suit. Copy space, gray background, sport banner for advertising

Comece hoje
É mesmo verdade que não é fácil gostar de praticar exercícios, ainda mais quando se trata de pessoas sedentárias. Mas quem decide mudar os hábitos, dificilmente volta atrás. O segredo, segundo Kevin, é colocar a atividade na agenda, como um compromisso. E o profissional aconselhou ao menos três vezes na semana. 

É um investimento na saúde. Eu tenho alunos que entraram na academia com 30 quilos a mais, e dentro de um ano reduziram. Já tive alunos que iriam para a cirurgia bariátrica, e não precisaram mais. E o melhor: todos eles não pararam mais de fazer exercício. A pessoa namora melhor, caminha melhor, dorme melhor. Não é apenas o corpo que muda, é a cabeça que se transforma.

Para Kevin, é uma questão de prioridades. O dia do lixo, expressão comum a quem começa dietas, deve existir. Ninguém precisa se privar de tudo o tempo inteiro, mas é preciso disciplina para chegar aos objetivos. Você vai abusar quando seu corpo chegou aonde você queria. Antes disso, o melhor é treinar corretamente e comer de forma adequada, sem exageros.
E nada de desculpa de que é melhor de manhã, à noite, ou durante o inverno. Exercício é sempre bem-vindo, seja o horário que for. Mas não há milagres sem dedicação, e isso pode acontecer em qualquer época do ano, lembrou o profissional. 

Coma limpo
Dieta de baixa caloria é um mito. Segundo Kevin, mesmo que a pessoa deseje emagrecer, não adianta fazer uma dieta de mil calorias, cortando alimentos essencias no dia a dia. O resultado será perda de massa muscular, de nutrientes e, consequentemente, de saúde. 

Vai cair cabelo, quebrar a unha, ficará indisposto. A melhor dieta que existe é comer limpo. Ou seja: arroz, feijão, carne magra, salada, batata, macarrão, só que, claro, em quantidades mais moderadas. Não comer nada não emagrece, isso é comer errado. A alimentação tem que se adequar ao estilo de vida da pessoa para dar certo. Os suplementos também são importantes, porque complementam uma refeição, como o whey protein, um dos mais comuns no mercado.

Para quem trabalha oferecendo saúde, ver a autoestima dos alunos é algo que não tem preço. É gratificante, resumiu Kevin. Quando a pessoa melhora sua qualidade de vida, percebemos que nosso trabalho ajudou a moldar não apenas um corpo, mas uma mente. É o projeto de vida acontecendo… Ficou inspirado? Então, comece agora!

Artigo anteriorSelando histórias
Próximo artigoAmizades via rádio

Ultimas Notícias