quinta-feira, maio 26, 2022

Os Cânions mais famosos da Região Sul

Por André Almeida

Cânion do Itaimbezinho

Localizado no Parque Nacional de Aparados da Serra, na divisa dos estados do Rio Grande Sul e Santa Catarina, impressiona pela beleza da vegetação e pelos paredões verticais que atingem mais de 720 metros de profundidade. Com 6 km de extensão pode-se fazer várias trilhas de bike ou a pé.

Destaca-se as trilhas do Vértice, que leva 45 minutos ida e volta e a do Cotovelo, um pouco mais longa que sura duas horas ida e volta. Nessas trilhas observa-se a mata de araucárias e os paredões.

Existe uma trilha que percorre o cânion pela sua parte sua parte baixa as margens do Rio do Boi, com um total de 12 km ida e volta.

O Rio Perdizes cai do imenso paredão do Itaimbezinho formando duas cachoeiras, a Véu da Noiva e a das Andorinhas.

Cânion Fortaleza

Este cânion fica localizado no Parque Nacional da Serra Geral, muito próximo do Cânion do Itaimbezinho e também na divisa dos estados do Rio Grande do Sul e Santa Catarina. O Fortaleza possui 7,5 km de extensão e, em alguns pontos, possui até 900 metros de altura. O nome se deve ao formato de sua estrutura geológica que lembra uma fortaleza.

No Cânion Fortaleza é possível realizar três trilhas. São elas: Mirante do Fortaleza (3,2 km), Cachoeira do Tigre Preto (2 km) e Pedra do Segredo (2,7 km). O acompanhamento de guia/condutor na parte de cima não é obrigatório.

Cânion das Laranjeiras

A 12 km do centro de Bom Jardim da Serra, em Santa Catarina, na localidade de Santa Bárbara encontra-se esta bela formação rochosa. Está em área privada, a Fazenda Santa Cândida, mas o acesso a turistas é liberado, mediante o pagamento de uma taxa de R$ 3. O ideal é visitar o local acompanhado de um guia ou em grupos organizados pelas pousadas.

É preciso estacionar o carro e caminhar mais 1,5 km até chegar ao cânion. Com uma altitude de mais de 1.500 metros e profundidade máxima de 500 metros, abriga uma rica vegetação típica das serras e possui também uma curiosa formação rochosa, com paredões escarpados muito próximos uns dos outros.

Cânion do Guartelá

Localizado no planalto dos Campos Gerais, entre as cidades de Tibagi e Castro, no estado do Paraná, esse cânion é considerado o sexto maior do mundo em extensão, com aproximadamente trinta quilômetros e um desnível máximo de 450 metros. Além disso, é também um dos mais bonitos, pois abriga em seu arredor diversas belezas naturais como corredeiras, vales, formações areníticas, quedas d’água e uma diversificada fauna e flora; para proteger e preservar todas essas riquezas, foi criado dentro do cânion o Parque Estadual do Guartelá.

Com duas trilhas para conhecer um pouco de sua beleza, Guartelá reserva interessantes surpresas. Na trilha Completa que só pode ser feita com o axílio de um Guia credenciado, pode-se observar os Arenitos Gavião e pinturas rupestres.

Ultimas Notícias