quinta-feira, maio 26, 2022

Montevidéu

A comparação com Buenos Aires é inevitável, mas quem procura fazer turismo em uma capital sul-americana com ares europeus e sem a agitação da capital argentina não pode deixar de incluir Montevidéu no roteiro.

Por André Almeida

A cidade é relativamente pequena, tem cerca de 1,3 milhão de habitantes e foi fundada na primeira metade do século 18, com clima tranquilo de interior, raro em outras grandes cidades hispânicas da América do Sul, possui um Centro Histórico com casarões coloniais, praças e parques.

O centro antigo, é um dos destaques da cidade e os passeios começam na Puerta de la Ciudadela, marco zero do setor histórico, que liga com a Plaza Independencia. Na esquina com a Avenida 18 de Julio, principal via da cidade, está o emblemático Palacio Salvo, de 1925, cartão-postal de Montevidéu. Ali perto, na Avenida Reconquista, outro ponto de referência é o Teatro Solís, de 1856, que mantém variada agenda com espetáculos de música, teatro e dança.

Também há bons museus, como o Torres García, dedicado a um dos artistas contemporâneos mais importantes da América do Sul, com obras interessantes que inclui o mapa invertido do continente. E, para quem gosta de futebol, o Estádio Centenário, palco da primeira Copa do Mundo, em 1930, conta com um interessante acervo. Aproveite as Ramblas, calçadões com vista para o Rio da Prata que têm ciclovias e áreas para descanso com pequenos mirantes ao longo do trajeto.

Ultimas Notícias